segunda-feira, 23 de maio de 2022

Alívio e emoção marcam primeiro dia de vacinação de crianças em Salvador

Foto: Igor Santos/Secom

Da Redação

Alívio, emoção, esperança e diversão são os elementos que marcam o primeiro dia de vacinação de crianças na capital baiana. A Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), iniciou a vacinação infantil contra Covid-19, na manhã deste sábado (15). Pais, responsáveis e crianças compareceram aos postos de vacinação, que receberam uma programação especial que envolveu brincadeiras, brindes e muita animação, montada para acolher e tornar o momento mais lúdico para os pequenos.

Com a campanha “Dia da Criança é Dia de Vacina”, meninos e meninas de 11 anos puderam receber o imunizante. Crianças de 5 a 11 anos com deficiência permanente (motora, auditiva, visual e intelectual) também foram contempladas pela estratégia. Durante a vacinação, os pais e mães e crianças destacaram a importância da imunização infantil.

Na sede da Apae, na Pituba, um dos postos da estratégia deste sábado, o estudante Pedro Emílio Peixoto, de 11 anos, portador do aspectro autista, destacou a importância da vacinação para acelerar o fim da pandemia. “Se todo mundo se vacinar, a Covid vai passar e tudo vai voltar ao normal. Estou ansioso para voltar à minha vida como era antes da pandemia, com escola, amigos, passeios, e agora, com a vacina, acho que vai ser possível”.

Presente na ocasião, a vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos, ressaltou que hoje é um dia marcante para a capital baiana. “Demos um passo muito importante para o cuidado com nossos pequenos. Uma oportunidade dessas crianças terem mais um elemento de fortalecimento de saúde. Com fé em Deus, essa dose de vacina é mais uma dose de esperança e confiança de que vamos vencer muito em breve essa Covid”.

Parque da Cidade – No Parque da Cidade, a pedagoga Norma Queiroz, 45 anos, mãe de João Miguel, de 11 anos, também destacou o alívio de saber que a família toda agora está vacinada. “Me sinto aliviada e muito mais segura. Depois de tanto tempo isolado, tendo aulas on-line, finalmente me sinto pronta para deixá-lo voltar para o ambiente escolar. Estou emocionada por estar vivendo esse momento que é consolador, depois de tanto medo”, destacou.

Ela ainda ressaltou a importância de acreditar na ciência e aproveitou para mandar um recado aos pais. “As questões que giram em torno da vacina geram insegurança, mas precisamos acreditar na ciência. Os imunizantes foram testados em outros países e deu tudo certo, aqui não vai ser diferente. Vacinas salvam vidas, e nada melhor do que saber que nossos filhos estão seguros”, declarou Norma.

O corajoso João Miguel disse não sentir medo da agulha e destacou a ansiedade de poder retornar às salas de aula com a segurança de estar imunizado. “Hoje, eu vim aqui tomar a vacina. Eu estou tão feliz que eu nem estou com medo da injeção. Minha família toda está vacinada e eu só estava esperando o meu momento, e ele chegou. Finalmente vou voltar para escola, rever meus amigos, minha professora, mais seguro”, disse.

Animação

Nos postos de vacinação, personagens garantiram a animação da galerinha. Na Apae, por exemplo, as crianças com deficiência permanente se divertiram com a turma do Tio Paulinho. Em outro ponto, o Parque da Cidade, artistas do Le Cirque e do grupo Stripulia fizeram a alegria da garotada que aguardava a tão esperada dose no braço.

Para Tio Paulinho, esse é um dia mágico e importante para toda a infância. “Os pais precisam aderir à vacinação, é necessário trazer nossas crianças para tomar vacina, para que essa história tenha um final feliz, com a alegria delas e retomada das brincadeiras com segurança. A vacina é vida, e por isso a gente está muito feliz de fazer esse momento mais suave, para que a criança tome o imunizante de maneira tranquila. Sabemos que não tem nenhum bicho papão e, com essa furadinha, a gente vai conseguir superar esse momento”, declarou.

15 de janeiro de 2022, 15:13

Compartilhe: