quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Escritório de advocacia que atende à CBF e ao Cristo Redentor intermediou contrato de R$ 200 mil entre as partes, diz colunista

Foto: Reprodução

Da Redação

Em texto publicado nesta sexta-feira (09), o jornalista Juca Kfouri, colunista do Portal UOL, informa que Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, celebrou contrato com o Santuário do Cristo Redentor no Rio de Janeiro.

Segundo Kfouri, as coisas ficam um pouco mais curiosas quando se revela que o contrato, de 200 mil reais, foi intermediado pelo assessor jurídico da CBF, Pedro Trengrouse, que tem em seu escritório de advocacia, segundo registra o site, como capelão, para “confortar espiritualmente toda a coletividade em torno do escritório”, o padre Omar Raposo.

Kfouri explica que é exatamente o padre Raposo o chamado reitor do Santuário Cristo Redentor e o site do escritório de Trengouse informa ter também entre seus parceiros o Cristo Redentor do Corcovado.

O colunista conclui dizendo que “Rodrigues, Trengouse e Raposo tabelam divinamente à espera das bênçãos dos deuses do estádios e a comissão de Ética da CBF a tudo vê de joelhos, boca fechada, como se dissolvendo a hóstia e o dízimo”.

10 de fevereiro de 2024, 09:00

Compartilhe: