segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Fábio Villas-Boas quer rediscutir modelos do Carnaval por circuitos mais ventilados

Foto: Arquivo/Divulgação/Prefeitura de Salvador

Da Redação

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas, afirmou hoje (19) que é preciso rediscutir os circuitos do Carnaval caso a folia realmente aconteça em 2022. “Precisamos, por exemplo, de circuitos mais ventilados, por conta dos tempos que estamos vivendo e da necessidade de sermos precavidos”, declarou.

Villas-Boas citou como exemplo o Centro da cidade, na Avenida Sete de Setembro. “Ali no Relógio de São Pedro circula muito pouco vento. Temos que ver também a questão dos camarotes que bloqueiam vento”, pontuou. Ele cogitou a possibilidade do Carnaval acontecer em áreas mais abertas da cidade, como a orla da Boca do Rio, no mesmo espaço onde a prefeitura realiza o Réveillon.

O secretário disse ainda que a prefeitura acertou ao adiar a realização do evento teste para o Réveillon e Carnaval. “Acho bastante adequado que a prefeitura segure a proposta, que aguarde um pouco mais, pois hoje o decreto do governo do estado prevê a reunião de no máximo 200 pessoas”.

Planejamento de festas

Fábio Villas-Boas ressaltou que é importante o planejamento de festas como o Carnaval e o Réveillon. Ele declarou, entretanto, que ainda é cedo para garantir que eventos como esse de fato poderão ser realizados.

“Temos que acompanhar se vai surgir alguma nova cepa do vírus. Por isso, as pessoas que estão comprando pacotes para o Réveillon, por exemplo, precisam ter a garantia, em cláusula bem fundamentada de contrato, da devolução do dinheiro em caso de cancelamento”.

19 de julho de 2021, 09:04

Compartilhe: