quinta-feira, 11 de agosto de 2022

Fundador da primeira milícia do Rio é assassinado a tiros

Foto: Reprodução

Reprodução

O ex-vereador Jerônimo Guimarães Filho, de 73 anos, conhecido como Jerominho, foi assassinado a tiros na Estrada Guandu do Sapé, em Campo Grande (RJ), nesta quinta-feira (4). Ele e o irmão, Natalino Guimarães (ex-deputado) foram condenados por serem fundadores da primeira milícia do Rio de Janeiro, conhecida como Liga da Justiça.

Jerominho era ex-policial civil e ex-vereador do Rio. Ele ingressou na política em 1998, quando concorreu a deputado estadual pelo PSC e não foi eleito. Em 2000, ele conseguiu se eleger vereador pelo MDB, com 20.560 votos. Em 2004 foi reeleito.

04 de agosto de 2022, 23:04

Compartilhe: