quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Governador Jerônimo Rodrigues destaca integração e eficiência das forças de segurança no Carnaval de Salvador 

Foto: Joa Souza/GOVBA

Carlos Macedo e Redação

O governador Jerônimo Rodrigues acompanhou de perto, nesta segunda-feira (12), o serviço de monitoramento e inteligência que está funcionando 24h no Carnaval de Salvador, durante visita ao Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria da Segurança Pública (SSP), no Centro Administrativo da Bahia, na capital baiana.

“Nós confiamos na nossa equipe para operar um sistema sensível e eficaz. A integração das forças é crucial para agir com precisão e evitar injustiças. Nosso foco é na expertise, inteligência e integração, apoiados por investimentos em tecnologia. Os resultados são evidentes, com 26 prisões em apenas quatro dias durante o Carnaval. Continuaremos investindo conforme necessário para manter nossa eficácia. Agradeço a todos os envolvidos e reforço nosso compromisso com a segurança pública”, destacou o governador.

No Centro, 44 instituições estaduais, federais e municipais, além de empresas privadas compartilham informações e promovem medidas de forma integrada. A proposta é diminuir o tempo de resposta para as ocorrências e promover mais eficiência durante o Carnaval 2024, como explicou o superintendente de Telecomunicações da SSP, Major PM Moisés Travessa. “Aqui temos todo o aparato tecnológico que existe na secretaria, como a visualização de todas as câmeras e informações entre os órgãos. Havendo algum incidente, cada um deles, de acordo com a sua competência, vai atuar, visando sanar o mais rápido possível”.

O secretário de Segurança Pública, Marcelo Werner, contou na prática como funciona a comunicação entre os órgãos. “No Comando e Controle centralizamos todos os recursos municipais, estaduais e federais, incluindo as concessionárias de água e energia. Durante o Carnaval, qualquer incidente é rapidamente respondido: se há falta de energia em nosso circuito, por exemplo, acionamos imediatamente a concessionária responsável, enquanto a polícia, bombeiros e Transalvador são alertados para garantir a segurança e fluidez do tráfego. É uma coordenação eficiente e automática, onde uma única informação desencadeia a ação conjunta de todas as entidades envolvidas”.

Além de monitorar as ocorrências, o CICC, que continuará ativo até a Quarta-Feira de Cinzas (14), também acompanha a contagem de foliões e o reconhecimento facial, que tem auxiliado na prisão de foragidos da justiça. Durante o encontro, que contou com a participação de representantes da Polícia Civil, DPT, PM e Bombeiros, o governador recebeu a placa de 1k (mil prisões) realizadas através da tecnologia do reconhecimento facial.

13 de fevereiro de 2024, 00:26

Compartilhe: