terça-feira, 7 de dezembro de 2021

“Inaceitável”, diz Lira sobre indiciamento de deputados na CPI da Covid

Foto: Divulgação/ Agência Câmara

Da Redação

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), fez um dicurso, nesta quarta-feira (27), contra o relatório da CPI da Covid. Em plenário, antes de comandar a sessão de votação, Lira afirmou ser “inaceitável” o indiciamento dos colegas. Ao defender os parlamentares, ele disse que a comissão do Senado não poderia atuar contra a liberdade de expressão de representantes eleitos.

“É inaceitável a proposta de indiciamento de deputados desta Casa no relatório daquela Comissão Parlamentar de Inquérito instituída com a finalidade de apurar as ações e omissões do Governo Federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil. Digo indignação, e não encontro outro termo, pois o que está em questão não é um ou outro parlamentar individualmente considerado, senão profundos postulados da ordem constitucional brasileira”, declarou o presidente da Câmara.

No relatório da CPI são citados o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), além de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Bia Kicis (PSL-DF), Carla Zambelli (PSL-SP), Carlos Jordy (PSL-RJ) e Osmar Terra (MDB-RS). O ministro do Trabalho e deputado licenciado, Onyx Lorenzoni, também foi alvo da investigação.

27 de outubro de 2021, 21:28

Compartilhe: