quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Jerônimo critica cobertura da imprensa nacional do Carnaval de Salvador

Foto: Toda Bahia

Da Redação

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) criticou, neste domingo (11), a cobertura da imprensa nacional do Carnaval de Salvador. “Fico triste quando a imprensa do sul e sudoeste trazem informações… quando há mal trato a ambulantes, ninguém concorda com isso. Temos órgãos cercando, e uma operação de guerra em tempo de paz e de festa, e isso não é divulgado, o nosso cuidado e zelo”, declarou o petista em conversa com a imprensa no camarote oficial do Campo Grande.

“Isso, o nosso tratamento, não repercute. Não torço contra o Carnaval de outros estados. Fica parecendo um jogo, um sentimento de que Carnaval da Bahia, de Pernambuco, não tem atuação contrária a isso. Fica parecendo um sentimento contra o Nordeste. Não estou proibindo que isso seja divulgado, claro, mas é algo que acontece”, acrescentou o governador. Veículos de imprensa como o UOL têm divulgado matérias sobre o sofrimento dos ambulantes durante o trabalho na festa.

Jerônimo destacou outros pontos positivos da folia, a exemplo dos hotéis lotados (tanto na capital quanto em cidades do interior que promovem o Carnaval) e o trabalho das polícias. “Chegamos a cinco milhões de pessoas passando pelos portais dos circuitos principais desde o início da folia. Isso é algo fenomenal. E tivemos quatro mil itens perigosos para a segurança presos. Ontem, por conta do atraso na saída de alguns trios (na Barra), o que provocou uma concentração maior de pessoas, fechamos temporariamente os pórticos para evitar problemas. Reforçamos o policiamento também quando faltou luz”.

11 de fevereiro de 2024, 18:34

Compartilhe: