segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Manifestantes participam de protesto a favor do voto impresso em Salvador

Foto: Reprodução/Instagram

Da Redação

Cerca de 600 manifestantes se reuniram no Farol da Barra, neste domingo (01), para defender a aprovação, pelo Congresso Nacional, da proposta do voto impresso. O grupo também defendeu o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), maior defensor da proposta.

O ato começou por volta das 10h, e os manifestantes seguiram até o Monumento do Cristo. Entre os presentes estavam políticos que apoiam o presidente na Bahia, a exemplo do deputado estadual Capitão Alden (PSL), do vereador Alexandre Aleluia (DEM) e da secretária de Saúde de Porto Seguro, Raissa Soares.

A manifestação começou com uma oração ao policial militar Wesley Soares Góes, de 38 anos, que foi baleado e morto após atirar contra policiais no Farol da Barra. Os manifestantes pediram, também, a saída do governador Rui Costa (PT).

Brasília e Rio de Janeiro também foram palco de manifestações no mesmo sentido. Na capital federal, o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo, demitido em meio a pressões do Congresso, participou do ato, que também teve a presença da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara e autora da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que tramita na Câmara para a impressão de um comprovante do voto nas eleições, pauta defendida por Bolsonaro.

01 de agosto de 2021, 14:35

Compartilhe: