terça-feira, 28 de junho de 2022

Milton Ribeiro e outros presos em operação da PF são soltos após decisão de desembargador

Foto: Isac Nóbrega/PR

Da Redação

O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal (TRF-1), mandou soltar, nesta quinta-feira (23), o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, além dos pastores e outros presos na operação da Polícia Federal realizada ontem.

Foram soltos também, pela decisão do desembargador, Gilmar Santos, Arilton Moura, Helder Diego da Silva Bartolomeu e Luciano de Freitas Musse.

Na tarde desta quinta-feira, Milton Ribeiro passaria pela audiência de custódia com o juiz Renato Borelli, que  determinou a prisão do ex-ministro, para avaliar a necessidade de mantê-los presos ou não.

Mais cedo, o desembargador federal Morais da Rocha, também TRF-1, negou outro habeas corpus apresentado pela defesa do ex-ministro. Ele ressaltou que não poderia conceder o habeas corpus porque a decisão que determinou a prisão não foi juntada ao processo.

23 de junho de 2022, 13:27

Compartilhe: