segunda-feira, 23 de maio de 2022

Pesquisa revela que coronavírus perde 90% da capacidade de contágio após 20 minutos no ar

Foto: Divulgação

Da Redação

Um estudo do Centro de Pesquisa de Aerossol da Universidade de Bristol revelou que o coronavírus perde a maior parte de sua capacidade de infectar pouco depois de ser exalado e é menos provável que seja contagioso a distâncias maiores.

De acordo com os cientistas, o vírus perde 90% de sua capacidade de contágio 20 minutos depois de ser expelido para o ar e a maior parte dessa perda acontece nos primeiros cinco minutos O simula como o vírus se comporta após a expiração.

Os resultados desta pesquisa, que não foi revisada por pares, reforçam a noção de que o vírus é transmitido principalmente a curtas distâncias, fornecendo um novo argumento em favor do distanciamento social e do uso de máscaras como meio de conter infecções.

18 de janeiro de 2022, 06:01

Compartilhe: