quarta-feira, 20 de outubro de 2021

Prefeitura de Salvador realiza formatura de 77 novos guardas civis municipais

Foto: Divulgação

Da Redação

Salvador passa a ter, a partir desta sexta-feira (23), o efetivo da Guarda Civil Municipal (GCM) reforçado após a formatura de 77 agentes oriundos do último concurso público realizado pela Prefeitura, em 2019. A solenidade de formação dos novos integrantes aconteceu na sede da Associação Desportiva e Cultura da Coelba (Adelba), em Patamares, e contou com a presença do prefeito Bruno Reis.

Também participaram a titular da Secretaria de Ordem Pública, Marise Chastinet; o inspetor-geral da GCM, Marcelo Silva; e o diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência, Maurício Lima, entre outros gestores municipais, representantes das Forças Armadas e das polícias Militar e Civil, além de familiares dos novos agentes.

O evento foi marcado por homenagens e apresentações feitas pela tropa e banda da Guarda Civil. Com a inclusão dos 77 servidores, o quadro de agentes do órgão contabiliza, agora, 1.307 agentes. A instituição tem 13 anos de existência e possui seis grupamentos (Operações Especiais, Proteção Ambiental, Grupo de Operações com Cães, de Rondas da Capital, de Motociclistas e de apoio ao Turista), além de coordenadorias e diretorias.

“O primeiro concurso para a Guarda foi em 2008, e só em 2019 houve novamente a possibilidade de, quem tinha sonho de ingressar na instituição, realizar o concurso. Foi oferecido, de imediato, 50 vagas. Muitos de vocês perderam noites de sono e tiveram ansiedade na véspera da prova e do resultado, até que seus nomes estiveram na lista dos aprovados. Veio, em seguida, toda uma expectativa para a convocação, que iria ocorrer no início 2020, mas aí o mundo foi acometido pela pandemia da Covid-19”, recordou Bruno Reis.

Ele pontuou que, a partir daquela ocasião, praticamente todas as ações da Prefeitura foram voltadas para o enfrentamento do coronavírus. Além disso, uma lei complementar (173/2020) sancionada pelo governo federal impediu a convocação de novos servidores públicos no país, ainda nos primeiros meses da crise sanitária.

“À época, o prefeito ACM Neto lutou em Brasília para mudar a análise e parecer em relação a essa lei, o que permitiu que fizéssemos a convocação. Em vez de 50 candidatos, convocamos 100”, acrescentou Bruno Reis. Mesmo em meio à queda de arrecadação e incertezas provocadas pelo impacto da Covid-19, acrescentou, a gestão municipal não abriu mão em robustecer o quadro de servidores.

“Tenho certeza que, depois de praticamente dois anos de luta, vocês serão profissionais muito melhores do que seriam ontem. A responsabilidade é muito grande porque não é fácil ter a missão de proteger o patrimônio, as pessoas, a cidade, tendo que lidar com as mais diferentes adversidades. Mas tenho certeza que vocês irão cumprir a nobre missão de tomar conta das pessoas” disse o chefe do Executivo municipal, em discurso aos formandos.

Na ocasião, o prefeito autorizou a convocação de mais 23 aprovados para atuar na GCM. Ele lembrou, ainda, dos investimentos feitos recentemente para qualificar a instituição. Os esforços envolvem desde obras para reforma da sede da Guarda à realização de cursos de reciclagem de agentes, aquisição de equipamentos e viaturas.

23 de julho de 2021, 13:27

Compartilhe: