terça-feira, 28 de junho de 2022

Projeto leva aulas de judô para alunos da rede municipal de Salvador

Foto: Valter Pontes/Secom

Da Redação

As unidades da rede municipal de Salvador serão beneficiadas com uma nova iniciativa de fomento ao esporte: o projeto Judô nas Escolas. A iniciativa, que atenderá alunos na faixa etária de 4 a 17 anos, foi lançada nesta terça-feira (14) na Escola Municipal Ministro Carlos Santana, em Fazenda Grande II, pelo prefeito Bruno Reis, ao lado do secretário municipal da Educação (Smed), Marcelo Oliveira, e do campeão de judô Maicon França, dentre outras autoridades.

Esse é um dos primeiros locais onde a ação será iniciada. Lá, mais de 120 estudantes já estão inscritos para as atividades. As próximas unidades de ensino a oferecer aulas de judô serão a Escola Municipal de Paripe e a Organização do Auxílio Fraterno (OAF), na Liberdade, totalizando 375 alunos matriculados na atividade.

O prefeito destacou a importância do esporte para o desenvolvimento humano e social do cidadão. “O esporte é uma ferramenta de promoção social, e aqui utilizamos o esporte para mudar a vida das pessoas. A prática esportiva afasta os jovens do crime e das drogas. Conciliando a educação com o esporte, isso fica ainda mais forte. Por isso, o projeto Judô nas Escolas só reforça todo o esforço que estamos fazendo pela educação em Salvador”.

Benefícios 

A prática de esportes aumenta a capacidade cognitiva do aluno, promove benefícios consideráveis à saúde e gera cooperação e socialização entre os estudantes. É com essa proposta que a Smed e o campeão de judô Maicon França fizeram a parceria de levar a modalidade para as unidades escolares.

“O judô é muito mais do que uma arte marcial. A prática do esporte ajuda a criança a tomar decisões rápidas e decisivas em diferentes situações, favorece o desenvolvimento do aparelho motor, promove o autoconhecimento e domínio do próprio corpo. Tenho certeza que nossas crianças serão beneficiadas com as aulas. As expectativas são as melhores possíveis em relação a essa parceria, aos poucos vamos avançando, mas a ideia é levar a modalidade para todas as escolas da rede municipal”, afirma o titular da Smed, Marcelo Oliveira.

O projeto Judô nas Escolas não se restringe apenas às aulas para as crianças. A cada três meses, os pais também participam das aulas. Conforme França, é importante que a família esteja integrada nas ações. Além disso, a proposta prevê a identificação de novos talentos que possam se profissionalizar no esporte.

14 de junho de 2022, 12:54

Compartilhe: