segunda-feira, 23 de maio de 2022

Treta na música: Marcelo Nova acusa Charles Gavin de vetar entrevista do Camisa de Vênus

Foto: Divulgação

Da Redação

O vocalista do Camisa de Vênus, Marcelo Nova, acusou, pelas redes sociais, o ex-Titãs, Charles Gavin, de vetar a entrevista com sua banda após a apresentação em um show do festival Rock Brasil 40 anos.

A transmissão do evento acontecia pelo Canal Brasil e celebrava o rock nacional dos anos 1980, em que a banda formada na Bahia teve seu momento de glória.

Marcelo Nova espalhou o caso nas redes sociais do Camisa de Vênus. “Ele não imaginou que o feitiço iria virar contra o feiticeiro ao fazer esse papel ridículo”, disparou o roqueiro baiano.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, Gavin nega ter vetado a entrevista e afirmou que nem tem esse poder, ressaltando ter sido contratado apenas como comentarista.

Também à Folha, o responsável pela transmissão, o diretor do Canal Brasil, André Saddy, justificou o tempo curto que restou para encaixar o Camisa de Vênus na entrevista.

Marcelo Nova, por sua vez, diz ter sido informado que havia ocorrido uma “queda no sinal da transmissão e, portanto, seria impossível fazer a entrevista”. Nova diz que inúmeros fãs questionaram a falta da entrevista e que a transmissão teria continuado após o show. O músico acredita ser vítima de uma suposta perseguição, “por não se enquadrar em mensagem e postura com a narrativa defendida por essa gente pérfida que vive tecendo loas à democracia”, escreveu.

A transmissão do evento aconteceu no dia 20 de abril e as críticas de Marcelo Nova ocorreram entre segunda e terça-feira desta semana.

Vale lembrar que em julho do ano passado, durante uma entrevista à TV Bahia em celebração ao Dia do Rock, Marcelo Nova teceu inúmeras críticas às medidas restritivas contra a pandemia de Covid-19. Na ocasião, as restrições ainda se faziam necessárias, por conta da baixa taxa de vacinação da população. Em sua fala, Marcelo Nova se mostrou alinhado com os mais ferrenhos bolsonaristas, críticos das medidas adotadas para evitar a circulação do coronavírus.

28 de abril de 2022, 11:27

Compartilhe: