segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Advogada paulista que vive na Bahia registrou marca ‘Fadinha’ e cedeu à família de Rayssa Leal

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Da Redação

A advogada paulista, Flavia Penido, fez o registro no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) da marca ‘Fadinha’, apelido da skatista Rayssa Leal, que conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio.

Especialista em propriedade intelectual, tecnologia e direito aplicado ao marketing, Flavia Penido vive em Salvador. Em entrevista ao Correio*, ela afirmou que tomou a decisão de criar o registro para evitar que outra pessoa utilizasse indevidamente o nome e o apelido de Rayssa.

A marca só poderia ser registrada diretamente no nome de Rayssa com os dados dos pais, já que a skatista é menor de idade. Por isso, a advogada registrou em seu próprio nome e vai ceder gratuitamente para a família da medalhista olímpica.

Wander Roberto/COB

Na entrevista ao Correio*, Flávia contou que nem estava acompanhando o skate na Olimpíada, mas viu a repercussão com o volume de menções a Rayssa Leal após a prata conquistada pela garota e, por hábito do ofício, foi até o site do INPI checar se havia pedido de registro da marca Fadinha para skates e correlatos.

“O interesse, obviamente, não é econômico, mas sim preservar eventuais direitos da Rayssa e também mostrar a importância de marketing e jurídico trabalharem sempre juntos”, escreveu a jurista no Twitter.

31 de julho de 2021, 11:54

Compartilhe: