segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Bahia tem 1,5 milhão de títulos eleitorais cancelados

Foto: Arquivo/Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Da Redação

Um total de  1.576.023 eleitores baianos tiveram o título cancelado por não ter votado, nem justificado ausência nas três últimas eleições. Só em Salvador são 258.265 documentos cancelados.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) lembra ao cidadão que a regularização dos títulos é imprescindível para garantir o voto em 2022.

Para quem pretende votar em 2022, o prazo para regularização é 4 de maio do ano que vem, data em que cadastro eleitoral será fechado.

O cancelamento do título impede o eleitor de ser empossado em concursos públicos, obter passaporte, renovar matrícula em instituições de ensino oficial, obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo, participar de concorrência pública e praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda, por exemplo.

Por conta da pandemia de Covid-19, o atendimento no TRE-BA está sendo realizado, preferencialmente, de forma online. Os títulos cancelados podem ser regularizados pelo Título Net.

17 de setembro de 2021, 10:15

Compartilhe: