sábado, 22 de janeiro de 2022

Bolsonaro critica ativista indígena brasileira que discursou na COP-26

Foto: Reprodução

Da Redação

O presidente Jair Bolsonaro fez críiticas, nesta quarta-feira (03) à ativista indígena Txai Suruí, que discursou na conferência da ONU sobre mudanças climátias, a COP-26, em Glasgow. Bolsonaro afirmou que Suruí foi para a conferência “para atacar o Brasil” e que isso não acontece em outros países.

Bolsonaro reconheceu que sofreu críticas por não ter participado da COP-26 e comparou Suruí ao cacique caiapó Raoni Metuktire, um dos líderes indígenas brasileiros mais reconhecidos no exterior.

Fundadora do Movimento da Juventude Indígena em Rondônia, Suruí discursou na segunda-feira na COP-26, criticou “mentiras vazias e promessas falsas” e, sem citar diretamente o governo brasileiro, disse que os povos indígenas precisam participar das decisões sobre as mudanças climáticas.

04 de novembro de 2021, 05:02

Compartilhe: