segunda-feira, 23 de maio de 2022

Bruno descarta corte de linhas de ônibus e volta a cobrar do governo redução de ICMS

Foto: Betto Jr./Secom

Da Redação

O prefeito Bruno Reis (UB) descartou a possibilidade de cortar linhas de ônibus em Salvador e voltou a pressionar o governador Rui Costa (PT) pela redução do ICMS do diesel para o transporte público.

Em entrevista coletiva concedida na manhã desta sexta-feira (13), Reis afirmou que a proposta do governo de vincular a redução do tributo ao “realinhamento” de linhas é “brincar com a população”. “Hoje, como eu tenho dito, [a questão do transporte público] é o maior problema da cidade. Como é que vamos cortar a linha se nós precisamos colocar mais ônibus para atender a população?”, disse.

“Como é que eu vou cortar a linha Boca da Mata-Pituba? Como é que eu vou cortar a linha Alto da Terezinha-Pituba? Para obrigar as pessoas que não têm necessidade de passar pelo metrô terem que pegar o metrô?”, questionou Bruno, que disse estar sempre ao diálogo. “Agora, meu limite é penalizar a população. Isso eu não aceito”, declarou.

“A prefeitura já deu todas as isenções possíveis, de todos os impostos e taxas, inclusive agora fazendo acordos para não ter o pagamento da outorga. O mínimo que o estado pode fazer é dar isenção do ICMS do transporte público”, completou.

Leia também:

Bruno Reis diz que subsídio para o transporte público deve ser votado na próxima semana

13 de maio de 2022, 14:51

Compartilhe: