quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Conselhos e corretores repudiam proposta do portal Zap Imóveis de que clientes dispensem intermediários

Foto: Reprodução

Thyara Araujo

Reprodução

O Portal Zap Imóveis, recentemente comprado pela OLX, fez anúncios a diversos proprietários de imóveis propondo que eles abandonem intermediários, como imobiliárias e corretores, economizando comissões. A proposta repercutiu negativamente no ramo imobiliário e diversos corretores prometem boicotar a ferramenta.

“Sabe quanto você vai poupar vendendo seu apartamento sem precisar de intermediários?”. Com esta pergunta, o portal paulista Zap Imóveis inicia um diálogo com  donos de imóveis em todo o país.

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Rio de Janeiro (Creci-RJ) se manifestou sobre o caso. Em nota, afirma que repudia “veementemente a ação propagada pela empresa, que tenta ludibriar proprietários, apelando à questão financeira, com mensagens que diminuem o trabalho do corretor de imóveis, como se a atuação deste profissional se restringisse apenas ao anúncio de um imóvel”.

O Creci Bahia também se manifestou. Em nota de repúdio emitida ontem (16), o conselho afirmou: “é inacreditável que uma empresa, que sobrevive prioritariamente dos anúncios postados por corretores de imóveis e imobiliárias, se posicione desta forma”.

Segundo o Creci Bahia, o Conselho Federal de Corretores de Imóveis (COFECI) tomará as devidas providências. “Uma empresa que desrespeita, desta maneira, os seus principais clientes não merece a nossa parceria e muito menos nossa fidelidade”, completa.

Na tarde desta sexta-feira (17), a postagem de repúdio feita no Instagram do Creci-Bahia já reunia mais de 150 comentários. Muitos corretores demonstraram indignação com o Zap, classificaram a ideia como “absurda” e sugeriram boicote ao site. Outros chegaram a dizer que, após o ocorrido, já cancelaram seus contratos de anúncios.

Reprodução/Instagram

Ao Toda Bahia, o Zap esclareceu que retirou a comunicação do ar “por estar desalinhada com a visão da empresa, onde as imobiliárias e corretores estão no centro da transação imobiliária e do nosso negócio”.

“Nosso papel é ser o maior parceiro do setor, apoiando nosso público com soluções tecnológicas para que possamos juntos construir um mercado melhor”, finaliza a nota.

Corretor

O corretor de imóveis José Lima, que atua na área há 16 anos em Salvador, demonstrou sua indignação ao fato. Ao Toda Bahia, ele defendeu a importância de um gestor imobiliário durante a compra ou aluguel de um imóvel.

“Quando uma empresa como a Zap Imóveis se posiciona contrária aos profissionais que a mantêm, é de ser repudiada por toda a classe. Com toda certeza, eles não devem saber a importância de você ter, à frente de uma negociação imobiliária, a orientação de um profissional (corretor de imóveis) capacitado e credenciado junto ao Conselho Regional de Corretores”, afirma. Ele disse, ainda, que vai encerrar seu contrato com a Zap.

17 de setembro de 2021, 18:40

Compartilhe: