quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Contra desgaste internacional, Itamaraty quer anunciar doação de vacinas na Assembleia-Geral da ONU

Foto: Divulgação

Da Redação

O Itamaraty quer que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em seu discurso na Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque, anuncie uma doação de vacinas contra a Covid-19 para nações da América Latina em piores condições de combate à pandemia que o Brasil, a exemplo de Paraguai e Haiti. As informações são do Estadão.

A estratégia foi elaborada na tentativa de reduzir o desgaste internacional do governo brasileiro. A ideia é que no discurso previsto para terça-feira (21), Bolsonaro divulgue uma agenda positiva.

Ao desembarcar em Nova Iorque, o presidente seguiu para hotel onde fica hospedado e entrou pela porta dos fundos. Não havia apoiadores no local, apenas poucos manifestantes contrário ao governo.

Na última participação presencial na Assembleia-Geral da ONU, em 2019, Bolsonaro tinha à sua espera manifestantes a favor e contra o governo. Na ocasião, ele entrou pela porta da frente do mesmo hotel.

O primeiro compromisso de Bolsonaro e sua comitiva na cidade americana foi comer pizza ao ar livre. Nos Estados Unidos, para acessar espaços internos de estabelecimentos como restaurantes é preciso apresentar comprovante de vacinação.

20 de setembro de 2021, 10:21

Compartilhe: