segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Em 132 municípios baianos, aulas semipresenciais só devem retornar em 2022

Foto: Paula Froes/GOVBA

Da Redação

Quase um terço dos municípios baianos só devem retomar as aulas semipresenciais em 2022. O levantamento foi feito pela União dos Dirigentes Municipais de Educação da Bahia – Undime-BA.

As respostas foram obtidas de 415 das 417 prefeituras da Bahia. Ao menos 132 informaram a impossibilidade de retomada das aulas semipresenciais ainda em 2021.

Outros 215 municípios só vão voltar a ter estudantes e professores em sala de aula a partir de setembro de 2021.

Além disso, apenas 68 cidades da Bahia, conforme levantou o estudo, estão preparadas para voltar até agosto, e somente dez delas ainda em julho de 2021.

Das cidades que retornam ainda este ano, 110 cidades informaram que só o farão em setembro, 87 voltam em outubro, 14 em novembro e quatro em dezembro.

Além de muitas instituições estarem em obras, as prefeituras argumentam que algumas não têm condições de se adaptar aos protocolos sanitários.

O decreto do governador Rui Costa (PT) determina o retorno das aulas semipresenciais a partir desta segunda-feira (26). Hoje, o retorno deve ser para o Ensino Médio, Ensino Profissionalizante e Ensino de Jovens e Adultos (EJA), e no próximo dia 9 de agosto para o Ensino Fundamental II.

26 de julho de 2021, 08:22

Compartilhe: