quinta-feira, 28 de outubro de 2021

“Espero que isso não se materialize”, diz Rui Costa sobre possível filiação de Bolsonaro ao PP

Foto: Carol Garcia/GOVBA

Da Redação

O governador Rui Costa (PT) afirmou nesta quarta-feira (13) que espera que a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Progressistas não se concretize. Para ele, se isso acontece vai complicar a manutenção da aliança partidária na Bahia.

“Se isso se materializar, a situação fica muito complicada numa aliança para a chapa majoritária. Não é fácil isso. Ficará muito complicado. Espero que isso não se materialize, mas, se materializando, teremos que discutir alternativas possíveis”, disse, em ato de assinatura de ordem de serviço para modernização e construção de novas escolas em Salvador.

O petista ainda classificou a chegada de Bolsonaro ao PP como uma “tragédia” para deputados e deputadas do partido na Bahia que pretendem disputar a reeleição no pleito do ano que vem.

“Esse presidente tem mais de 70% de rejeição no Nordeste, quase 80% de rejeição na Bahia. Será difícil até para os parlamentares serem eleitos dentro da sigla, porque o voto do Bolsonaro não se enquadra no perfil dos deputados do PP. Os eleitores de Bolsonaro não votam, a maioria deles, nos parlamentares do PP. Então, eles não ganharão esse voto e podem perder o que têm”, disse.

Rui afirmou também que buscará com o comandante do PP na Bahia, o vice-governador João Leão, “alternativas”, caso se concretize a ida de Bolsonaro para o Progressistas.

13 de outubro de 2021, 14:02

Compartilhe: