segunda-feira, 23 de maio de 2022

IBGE: Setor cultural na Bahia perdeu 47 mil postos de trabalho entre 2019 e 2020

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Da Redação

Um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) traz a dimensão do impacto da pandemia na área cultural baiana. Entre 2019 e 2020, segundo os dados da pesquisa, o setor na Bahia perdeu 47 mil postos de trabalho.

O estudo mostra que as atividades culturais foram as que mais tiveram baixas em empregos durante a pandemia. A categoria foi a primeira a suspender as atividades, por conta das restrições de público, e volta a passos pequenos, e em ainda em meio a muitas incertezas.

Atualmente, o Governo da Bahia permite a realização de eventos com até 5 mil pessoas, desde que comprovado o esquema vacinal completo.

O IBGE aponta ainda que o setor encolheu 17,6%, enquanto que a média do mercado foi de 14,1% de redução

As mulheres somam 57,6% da mão de obra do estado, mas tem grau de informalidade mais alto. De cada dez mulheres, seis não trabalha com carteira assinada (60,7%) e a remuneração é 30% mais baixa (-30,1%) que a média, segundo o IBGE.

09 de dezembro de 2021, 10:03

Compartilhe: