terça-feira, 28 de junho de 2022

Quarto suspeito de participação no assassinato de Bruno e Dom se entrega à polícia

Foto: Reprodução

Da Redação

Um quarto suspeito de participação no assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips entregou-se à Polícia de São Paulo nesta quinta-feira (23).

Ele foi identificado como Gabriel Pereira Dantas, de 26 anos, e compareceu ao 77º Distrito Policial da capital afirmando ter participado do crime. Este é o quarto suspeito de participação do assassinato que é identificado.

Segundo o jornal O Globo, Gabriel afirmou que, no dia do assassinato, estava bebendo com Amarildo Oliveira, conhecido como Pelado, um dos acusados do duplo homicídio, quando o homem o convidou para pilotar sua canoa. O suspeito afirmou que não sabia o que Pelado iria fazer.

Em depoimento, ele declarou que usaram barco do tipo “rabeta”, com motor de menor potência, quando avistaram a embarcação de Bruno e Dom. Ao se aproximarem, Pelado tirou a espingarda 16 e apontou para os dois. Pelado teria atirado primeiro no jornalista e depois em bruno.

Conforme relatou o suspeito, o crime ocorreu no rio Madeira, próximo à comunidade de Santa Isabel. Depois dos disparos, Gabriel conta que eles rebocaram o barco das vítimas e Pelado cobriu os dois corpos para não chamar atenção. Pelado ainda chamou outros dois ribeirinhos para ajudá-los. Segundo Gabriel, ele não conhece esses homens, mas um seria parente de Pelado.

23 de junho de 2022, 16:25

Compartilhe: