segunda-feira, 23 de maio de 2022

Rapidinhas: Rui sem óculos, os representantes Nutella e o retorno do “primo”

Foto: Reprodução

Davi Lemos

Sem óculos escuros

A foto de Jerônimo Rodrigues (PT), Jaques Wagner (PT) e Geraldo Júnior (MDB) com óculos escuros bastante estilosos circulou pelas redes sociais, mas chamou a atenção o fato de o governador Rui Costa (PT) não aderir à moda lançada durante o lançamento da pré-candidatura de Lula (PT), em São Paulo. Até perguntaram se o governador queria colocar o acessório, mas Rui disse que não participaria da “palhaçada”. Parece que o governador não estava de tão bom humor assim.

Policiais mortos

Parece que o mau humor de Rui Costa era já um presságio a respeito do tema que o aguardava na manhã desta segunda-feira (9). Nos planos do petista que queria falar de mais uma encosta entregue em Salvador, no Alto do Peru, não estava previsto comentar o assassinato de três policiais militares em um final de semana. O petista atacou o presidente Jair Bolsonaro (PL), mas ouviu críticas do deputado federal João Roma (PL) e do ex-prefeito ACM Neto (União), pré-candidatos ao Palácio de Ondina – em suma, ambos pediram ao governador que assuma a responsabilidade pelo combate ao aumento da violência.

Menos um no trio

Parece que o trio de senadores baianos está reduzido a dois no “time de Lula”. Enquanto Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD) correram para o lançamento da pré-candidatura presidencial do petista em São Paulo, no mesmo dia Ângelo Coronel (PSD) mostrava que sua caminhada era realmente outra. No Instagram, em postagem no sábado (7), ele escreveu que estava retomando as caminhadas matinais, visando a manutenção da saúde. O deputado federal Cacá Leão, pré-candidato do PP ao Senado, e Jerônimo Rodrigues (PT), postulante a governador, curtiram o post do senador rebelde. Mas a pergunta que fica é: quem seria, neste momento, a companhia de corrida de Coronel?

Ribeira do Amparo

ACM Neto (União) ficou impressionado com o tamanho do evento realizado pelos ex-prefeitos Marcelo Britto e Teti Britto em Ribeira do Amparo, na noite da última sexta-feira, com a presença de mais de duas mil pessoas na residência do casal. Na ocasião, o ex-prefeito de Salvador recebeu o apoio da dupla, que é filiada ao PSD, e a sinalização de aliança do deputado federal Félix Mendonça Júnior, que é presidente estadual do PDT e estava presente no ato. Aliás, Neto também se impressionou com o discurso firme de Félix com críticas ao PT.

Aposentadoria

O deputado federal Marcelo Nilo (Republicanos) tem dados sinais de que pretende não ser candidato a nada em 2022 se não for escolhido para a vice de ACM Neto (União). “Não tenho plano B”, tem dito o parlamentar. Ele garante, no entanto, que mesmo se não for o escolhido estará ao lado de Neto.

Solidariedade fica

Com o anúncio do Solidariedade de que apoiaria a pré-candidatura de Lula à Presidência, surgiram especulações de que a sigla também seguiria o mesmo caminho na Bahia e anunciaria apoio a Jerônimo Rodrigues (PT) e não a ACM Neto (União). Até uma possível reunião entre o senador Jaques Wagner (PT) com as lideranças do partido na Bahia foi especulada. Uma dessa lideranças, em contato com esta coluna, disse: “soube dessa reunião não”. Ele também afirmou que o partido deve seguir com ACM Neto.

MDB também fica

Na semana que passou, também foi aventada a possibilidade de o MDB nacional apoiar Jair Bolsonaro (PL) em sua candidatura à reeleição caso não seja confirmada a pré-candidatura de Simone Tebet. O presidente de honra do partido, Lúcio Vieira Lima, disse não acreditar em desistência de Tebet e que, ainda que o MDB mude de candidatura própria para apoio a Bolsonaro ou outro presidenciável, a aliança com Jerônimo não tem volta. Lúcio prometeu colocar o exército de candidatos do MDB baiano a serviço do petista.

Representantes Nutella

No lançamento de um trecho de orla em Stella Maris, na sexta-feira (6), o prefeito de Salvador, Bruno Reis, não aliviou nas brincadeiras com os vereadores André Fraga (PV) e Luiz Carlos (Republicanos), que dizem representar os skatistas e os capoeiristas, nesta ordem. Segundo Bruno, Fraga não quis se arriscar e mostrar as habilidades no skate; já Luiz Carlos, quando quis arriscar na capoeira, ouviu dele: “pode parar para não perder votos”. O riso foi geral, inclusive dos alvos das piadas.

Prefeito Bruno Reis e o deputado Mário Negromonte Jr. (Foto: Reprodução/ YouTube)

O primo pródigo

Quem esteve ao lado de Bruno Reis nesta segunda-feira, durante a entrega da primeira etapa das obras da Avenida Tancredo Neves, foi o deputado federal Mário Negromonte Jr (PP). Foi a primeira participação do parlamentar em uma agenda do prefeito após a aliança do PP com o União Brasil. Bruno chamou Mário Jr de primo, pois ele é primo de uma ex-mulher do prefeito. “É o retorno do primo pródigo”, brincou um dos aliados do prefeito, numa referência à parábola bíblica do filho pródigo. O prefeito ainda explicou que convidou o primo porque o “tio” dele, Mário Negromonte, foi o secretário de Transportes que, na gestão Lídice da Mata, entregou a Ligação Iguatemi-Paralela, agora duplicada.

09 de maio de 2022, 16:28

Compartilhe: