terça-feira, 21 de setembro de 2021

Republicanos desautoriza Roma a falar sobre candidatura ao governo da Bahia

Foto: Câmara dos Deputados

Da Redação

O Republicanos emitiu hoje uma nota desautorizando o ministro da Cidadania e deputado federal licenciado João Roma, filiado ao partido, a falar sobre candidatura ao governo da Bahia. Ele é cotado para ser o candidato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no estado, e tem se movimentado nesse sentido.

O partido, que em Salvador faz parte do grupo do ex-prefeito ACM Neto (DEM), deixa claro, no comunicado, que nada foi discutido até agora sobre a disputa majoritária na sigla.

No documento, o presidente estadual do Republicanos, o deputado federal Márcio Marinho, diz que qualquer decisão sobre as eleições majoritárias de 2022 só ocorrerá após a reforma política eleitoral, prevista para ser votada no Congresso até outubro deste ano.

A nota também faz referência a uma matéria publicada pelo site Política Livre, que afirma que o grupo de Roma está de braços abertos para receber o ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo de Carvalho (DEM), aliado de ACM Neto.

Confira a nota na íntegra:

“O Republicanos Bahia vem em nota informar que não foi discutido ainda sobre candidaturas majoritárias no partido. O presidente da sigla no estado e deputado federal, Márcio Marinho, afirma que essa decisão só ocorrerá após a reforma política eleitoral, que tem prazo de definição no início de outubro, deste ano.

Em relação à matéria veiculada no site Política Livre, intitulada “Grupo de Roma mantém olho em Zé Ronaldo para chapa do republicano ao governo”, Marinho classifica o democrata Zé Ronaldo como uma grande liderança política, e que o partido está aberto para apoiá-lo, como deputado estadual ou federal, mas a definição desse cenário será somente após a reunião no próximo mês com as executivas estadual e nacional, a qual será analisada com base na realidade de cada estado.”

14 de setembro de 2021, 16:50

Compartilhe: