quinta-feira, 28 de outubro de 2021

“Sem coligações, partidos devem se unir para as próximas eleições”, analisa deputado Carlos Geilson

Foto: Divulgação

Da Redação

A fusão entre o DEM e PSL deve abrir novos caminhos para as eleições de 2022. Em sua live, nesta quarta-feira (13), o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) avaliou a decisão desses dois partidos de formarem uma nova sigla, o União Brasil.

“A decisão de fundir os dois partidos foi confirmada pelas legendas após convenções partidárias, no último dia 6, em Brasília. Foi muito importante essa decisão, levando em consideração o próximo enfrentamento eleitoral”, disse o deputado.

Carlos Geilson revelou, durante sua live, especulação em torno de uma aproximação envolvendo os partidos PL e PP. “Os partidos médios e pequenos estão conversando. Soube ainda que o PC do B também estaria buscando aproximação ao PT, numa possível formação de federação partidária”, contou.

O União Brasil – formado a partir da fusão DEM e PSL – vai usar o número 44. O PSL tem, atualmente, a maior bancada da Câmara, com 54 deputados. No Senado, o partido tem dois representantes. Já o Democratas tem 28 deputados, a 11ª maior bancada. No Senado, o partido tem seis representantes, além do presidente da Casa e do Congresso, Rodrigo Pacheco, de Minas Gerais.

13 de outubro de 2021, 16:02

Compartilhe: