terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Moro tem 10,7% das intenções de voto e vira maior rival de Lula e Bolsonaro, aponta pesquisa

Foto: Marcelo Camargo Agência Brasil/Ricardo Stuckert Instituto Lula/José Dias/Presidência da República

Da Redação

O ex-juiz Sergio Moro (Podemos) aparece com percentuais que variam em torno de 11% em quatro cenários para eleição presidencial de 2022, de acordo com levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas nos dias 16 e 19 de novembro. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (22) pela Veja.

Com esses percentuais, Moro aparece à frente do ex-governador Ciro Gomes (PDT), que tem cerca de 6% das intenções de voto em todas as simulações. Até a entrada do ex-juiz na disputa, em 10 de novembro, quando filiou-se ao Podemos, o pedetista era quem aparecia logo atrás dos líderes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo a pesquisa, no principal cenário, Lula lidera com 34,9% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro (29,2%), Moro (10,7%) e Ciro (6,1%). Na sequência, aparecem o tucano João Doria (3,1%), o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, do DEM (1,2%) e o senadores Simone Tebet, do MDB (0,6%), Alessandro Vieira, do Cidadania (0,4%), e Rodrigo Pacheco, do PSD (0,4%). Nesta situação, 9,9% dizem que não votarão em nenhum, em branco ou nulo. Outros 3,5% não souberam ou não quiseram responder.

No segundo cenário, com o governador gaúcho Eduardo Leite no lugar de Doria, a situação não muda muito – exceto que piora o desempenho do candidato do PSDB: Lula (35,1%), Bolsonaro (29,8%), Ciro (6,1%), Leite (1,6%), Mandetta (1,4%), Tebet (0,5%), Vieira (0,4%) e Pacheco (0,3%). Entre os entrevistados, 10,2% disseram que votariam em branco, nulo ou nenhum e 3,4% afirmaram que não sabem em quem irão votar ou não responderam.

Em relação às características que os entrevistados gostariam de ver no próximo presidente, a pesquisa apontou: 38,1% responderam “honestidade”, “competência” (18,4%), “ser próximo do povo” (16,0%), “todas as opções (6,9%), “ter experiência política” (6,6%), “pulso firme” (4,5%), “ser novo na política” (1,6%) e o “partido político” ao qual pertence (0,8%).

Segundo turno

Nas duas simulações de segundo turno, Lula venceria tanto Bolsonaro (42,5% a 35,6%) quanto Moro (40,7% a 29,8%).

A pesquisa ouviu 2.020 eleitores em 164 municípios de todos os estados e no Distrito Federal por meio de entrevistas presenciais. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

22 de novembro de 2021, 11:38

Compartilhe: