segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Mourão é aconselhado a renunciar, mas diz que fica no governo por “respeito” a quem confia nele

Foto: Marcos Corrêa/PR

Da Redação

Segundo informações da CNN Brasil, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) foi aconselhado a renunciar para abrir o caminho ao impeachment de Jair Bolsonaro.

A percepção de aliados é que sua saída abrira esse espaço, já que a presença de Mourão como sucessor direto tem servido como anteparo ao universo político para apoiar a abertura do processo.

Nas redes sociais hoje, Mourão demonstrou estar incomodado com os rumos do governo, mas reafirmou que não vai sair. “Desde 2018 tenho viajado pelo Brasil e muitas pessoas falam que votaram na chapa JB-Mourão por confiar em mim. Em respeito a essas pessoas e a mim mesmo, pois nunca abandonei uma missão, não importam as intercorrências, sigo neste governo até o fim”.

Ainda segundo a CNN, aliados do vice-presidente dizem que ele tem refletido sobre o assunto. Um encontro entre Mourão e Bolsonaro deve ocorrer na próxima semana.

O vice-presidente deve expor sua insatisfação, inclusive após a última fala de Bolsonaro sobre Mourão, comprando-o a um “cunhado” e, por isso, tendo que “aturar”.

31 de julho de 2021, 14:45

Compartilhe: