quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Rapidinhas: A forcinha de Lula a Geraldinho, Bruno vem na frente em nova pesquisa e a companheira sortuda de candidato a conselheiro

Foto: Divulgação

Alberico Gomez e equipe

A forcinha de Lula a Geraldinho

* O MDB ficou satisfeito com o apoio discreto dado pelo presidente Lula na semana passada, durante agenda em Salvador para lançar o Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia, ao vice-governador Geraldo Júnior, pré-candidato do partido ao Palácio Thomé de Souza. Embora não tenha sido citado no discurso presidencial, e nem tido direito à fala, Geraldinho ficou no palanque oficial do evento e, depois, tirou fotografias com Lula publicadas nas redes sociais do emedebista.

* “Lula talvez não participe (da campanha) da mesma forma que foi em 2022, ao lado do hoje governador Jerônimo Rodrigues (PT), afinal a eleição também era presidencial. Isso pode acontecer. Mas os sinais de apoio a Geraldinho estão sendo dados. Caso contrário, não teria foto”, disse à coluna o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB), que não acompanhou a agenda de Lula em Salvador.

* Jerônimo, por sinal, explicou aos aliados que acharam os gestos de Lula em favor de Geraldo Júnior tímidos que a agenda do presidente na capital não era de campanha, e sim um evento institucional. O governador disse que Lula não iria cometer crime eleitoral.

* O prefeito Bruno Reis (União) não participou do evento comandado por Lula em Salvador com receio de ser vaiado num ambiente hostil e formado por petistas. Foi a melhor decisão, visto que a claque de fato estava preparada. Bruno, por sinal, vai aparecer na liderança da primeira pesquisa de 2024, registrada na Justiça Eleitoral, sobre a sucessão em Salvador, que deve ser divulgada ainda esta semana.

E Rui, vai vestir a camisa?

* Resta saber agora quando o ex-governador e atual ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), vai entrar na campanha de Geraldo Júnior. Ausente dos eventos e encontros partidários e pré-eleitorais em 2023, Rui esteve, no sábado (20), na reunião do diretório estadual do PT em Vitória da Conquista, em ato para impulsionar a pré-candidatura do deputado federal petista Waldenor Pereira à Prefeitura.

* Um dos presidentes de partidos da base de Jerônimo disse à coluna que Rui, em algum momento, vai entrar na campanha de Geraldo Júnior. “A não ser que ele queira fazer como fez o senador Ângelo Coronel (PSD) na campanha de 2022, quando ficou totalmente de fora e isso pode ter custado a vaga dele ao Senado em 2026”, analisou.

* O PCdoB, por sua vez, decidiu “vestir a camisa” do vice-governador e promove, nesta terça-feira (23), um ato político em apoio à pré-candidatura de Geraldo Júnior. O evento será num hotel de Ondina, a partir das 18h.

Festa no interior

* A companheira de um dos concorrentes ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), conhecida no sul da Bahia, ganhou R$500 mil em um sorteio feito por uma conhecida empresa de premiações do Recôncavo baiano. Se a sorte for tão contagiosa quanto o amor, que supera todas as diferenças, nem precisa mais ter eleição para o TCM, embora o favoritismo já esteja no colo do enamorado.

* A deputada estadual Ludmilla Fiscina (PV) ficou numa empolgação só no Estádio Antonio Carneiro, neste domingo (21), ao conferir a partida entre o Atlético de Alagoinhas, time que tem a torcida da parlamentar e primeira-dama da cidade, contra o Bahia. O jogo acabou num frenético 3×3, e a deputada ficou tão animada que arriscou integrar a percussão da torcida da casa.

* Em Euclides da Cunha, o prefeito Luciano Pinheiro (PDT) promete fazer uma festa de arromba na próxima sexta-feira (26) para anunciar quem será o candidato dele à sucessão municipal. Ele reuniu um grupo tão heterogêneo no grupo que lidera que devem estar presentes no palanque políticos que vão do PT ao União Brasil.

22 de janeiro de 2024, 17:40

Compartilhe: