quarta-feira, 22 de maio de 2024

Rapidinhas: O profeta de Salvador, a lição não aprendida, os “derretidos” por Jerônimo e a demonstração de força do Avante

Foto: Reprodução

Alberico Gomez e equipe

Sem perdão
Enquanto o prefeito Bruno Reis (União) testava a popularidade no meio evangélico, durante o evento liderado no domingo (21) pelo bispo Bruno Leonardo na Arena Fonte Nova, do lado de fora do estádio a Transalvador tratava de multar e rebocar carros dos fiéis da Igreja Batista Avivamento Mundial estacionados de forma irregular. Não teve perdão!

Profeta
Aliás, nas redes sociais o prefeito bancou o pregador nas imagens publicadas do culto liderado por Bruno Leonardo, que reuniu milhares de pessoas na arena e foi batizado de Encontro com o Profeta em Salvador. O gestor escreveu que “só quem sabe o poder da oração do bispo entende o quanto é importante estar aqui”. Aos críticos que apontaram oportunismo eleitoral, Bruno Reis respondeu que sempre foi um homem de fé.

Lição aprendida
Depois de indicar a própria esposa, a empresária Ana Coelho (Republicanos), para a vice de ACM Neto (União) nas eleições de 2022, o deputado estadual Tiago Correia (PSDB) quer agora ser companheiro de chapa do prefeito Bruno Reis (União), postulante à reeleição. O chefe do Executivo municipal, no entanto, já sinalizou que não vai cometer o mesmo erro do padrinho político e almeja ter ao lado um nome que agregue. Ele deve manter no posto a atual vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT).

Derretidos
Embora oposicionistas combatidos, os deputados estaduais Alan Sanches, líder da oposição, e Samuel Júnior (Republicanos) se “derretem” sempre que se encontram com o governador Jerônimo Rodrigues (PT) em solenidades. Na semana passada, quando o petista esteve na Assembleia Legislativa para entregar o projeto de lei que reestrutura a carreira dos professores indígenas, os parlamentares foram só sorrisos numa rápida conversa com o petista.

Sede
Eterno presidente nacional do PDT e hoje ministro da Previdência, Carlos Lupi estará em Salvador na sexta-feira (26) para tratar das eleições de 2024. O principal objetivo é dar peso à campanha visando garantir que a vice-prefeita pedetista Ana Paula Matos siga como companheira de chapa de Bruno Reis. O dirigente vai aproveitar a ocasião para conferir de perto as obras de reforma da sede estadual da legenda, localizada na Mouraria.

Coordenadora
Ao contrário do que dizem, a escolha da deputada federal Lídice da Mata (PSB) para coordenar a campanha do vice-governador Geraldo Júnior (MDB) não agradou todo mundo. Ao menos um dos vereadores de Salvador da base de Jerônimo ficou desconfiando. “Esperamos que ela (Lídice) não tente privilegiar os candidatos do PSB na disputa proporcional”, comentou um petista. O que se comenta é que o candidato a vereador do coração da parlamentar é o vice-presidente do PSB baiano, Rodrigo Hita.

Esquecimento
Presidente do PCdoB da Bahia, Geraldo Galindo diz que o pré-candidato do PT em Juazeiro, o ex-prefeito Isaac Carvalho, está inelegível e não pode concorrer novamente no pleito deste ano. O dirigente acredita que, por conta disso, o escolhido para encabeçar a chapa governista no quinto maior colégio eleitoral do país deve ser o deputado estadual comunista Zó. Galindo só não faz questão de lembrar que Isaac era do PCdoB quando prefeito e teve problemas com o Tribunal de Contas da União (TCM).

Demonstração de força
O Avante realiza no próximo dia 4 um encontro nacional do partido em Salvador. O evento acontece no Centro de Convenções, a partir das 9h, e é organizado pelo presidente estadual da sigla, Ronaldo Carletto. O objetivo é mostrar força, uma vez que Carletto almeja fazer da sigla na Bahia uma vitrine para todo o país, com a eleição do maior número de prefeitos entre os estados brasileiros. Segundo a cúpula da legenda, o Avante já filiou 68 prefeitos, sendo que só elegeu quatro em 2020.

Entre os quatro
Já o MDB deseja sair das urnas em outubro entre os quatro maiores partidos da base governista na Bahia. “Vamos disputar a terceira posição”, aposta o presidente de honra da legenda, Lúcio Vieira Lima. Com o fechamento do prazo de filiações, a legenda passou a contar com 21 gestores municipais – elegeu 15 em 2020. “Hoje, temos 170 pré-candidatos a prefeito”, diz o emedebista.

Marcha
O comandante da 6ª Região Militar, general de divisão André Luiz Aguiar Ribeiro, inovou nas comemorações pelo Dia do Exército Brasileiro, na última sexta-feira (19), no 19º Batalhão de Caçadores, no Cabula, em Salvador. De forma inédita, segundo os presentes, ele fez questão de marchar e ainda convocou os militares presentes, entre eles o comandante da Polícia Militar da Bahia, coronel Paulo José Reis de Azevedo Coutinho, para descer do púlpito e desfilar.

22 de abril de 2024, 18:54

Compartilhe: