quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Rapidinhas: O vacilo de Geraldinho no Bonfim, a tática “esconde padrinho” de Nilo, o “rodo” de Lídice e o shortinho de Rui

Foto: Divulgação

Alberico Gomez e equipe

Rescaldos do Bonfim

* O prefeito Bruno Reis (União) esbanjou popularidade ao lado do antecessor ACM Neto (União) na Lavagem do Bonfim, que aconteceu na última quinta-feira (11). Aliás, logo no início da festa, Bruno subiu no parapeito da escadaria de acesso à Igreja da Nossa Senhora da Conceição da Praia e, bem no estilo popstar, regeu a plateia formada, em sua maioria, por assessores e colaboradores do município que se aglomeravam na frente do templo religioso.

* Já o vice-governador Geraldo Júnior, pré-candidato do MDB à Prefeitura, fez um desfile mais tímido ao lado do chefe do Executivo estadual, Jerônimo Rodrigues (PT). Aliás, a assessoria do emedebista vacilou nas redes sociais. Enquanto Bruno Reis publicou em tempo real várias imagens da festa, em fotos e vídeos, o emedebista só foi postar alguma coisa no Instagram sobre a Lavagem do Bonfim no final da tarde da quinta-feira. Agilidade pura!

* O ex-deputado Marcelo Nilo (Republicanos) está tão preocupado em não aparecer ao lado de Bruno Reis e de ACM Neto que só fez uma foto ao lado de Bruno Reis no café organizado pelo prefeito antes do início da Lavagem do Bonfim. Foto com ACM Neto? Nem pensar. O ex-parlamentr tenta a todo custo não figurar como um candidato da oposição na disputa pela cadeira vaga no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), e, por isso, tenta se descolar dos aliados para conseguir alguns votinhos na base governista. Na Assembleia, o que se diz é que a tática “esconde padrinho” não vai funcionar.

* Presidente do Solidariedade na Bahia, o deputado estadual Luciano Araújo botou todo mundo para usar o boné do partido durante a Lavagem do Bonfim. Sobrou até para Jerônimo Rodrigues e Geraldo Júnior. Aliás, o vice-governador já avisou que se for para agradar a gregos e troianos no difícil itinerário até o Palácio Thomé de Souza topa colocar qualquer acessório na cabeça, principalmente se for da cor vermelha.

* A vice-prefeita Ana Paula Matos (PD) foi outra que testou a popularidade na Lavagem do Bonfim. Fez dezenas de fotos ao lado de populares e de lideranças políticas na torcida para que não fosse aquela a última vez que subiria a Colina Sagrada como a número dois da gestão de Bruno Reis. Na disputa pelo posto com o Republicanos, no Bonfim ela levou vantagem no banho de água de cheiro, uma vez que os concorrentes, ligados à Igreja Universal do Reino de Deus, não são fãs do sincretismo religioso.

* Quem também desfilou simpatia na Lavagem do Bonfim foi o presidente de honra do MDB da Bahia, Lúcio Vieira Lima. O “gordinho” esbanjou popularidade nas fotos ao lado de correligionários e populares. Ele garante, no entanto, que não vai ser candidato a deputado federal em 2026, mesmo se Geraldo Júnior ganhar a eleição na capital. “Fora de cogitação”.

Lídice “passou o rodo”

* Presidente do PSB da Bahia, a deputada federal Lídice da Mata precisou só de um sábado para filiar dois prefeitos da Chapada Diamantina que eram do União Brasil, tirá-los do lado do ex-prefeito ACM Neto e levá-los aos braços do governador Jerônimo Rodrigues. Neste último final de semana, ela abonou as fichas dos gestores de Itaeté, Zenildo Matos, e de Mucugê, Ana Medrado. Ambos são candidatos à reeleição e Lídice promete trabalhar para que tenham o apoio do Executivo estadual.

* Entre os dois novos “socialistas”, a traição que mais impactou no grupo de ACM Neto foi o da prefeita de Mucugê, Ana Medrado, que foi uma das principais aliadas do ex-prefeito no pleito de 2022. Aliás, Neto ganhou de Jerônimo no município nos dois turnos da disputa com o apoio da gestora. Ambos experimentaram, juntos, os vinhos produzidos na região ainda na pré-campanha.

* Quem articulou a filiação de Ana Medrado ao PSB foi o prefeito da vizinha Andaraí, Wilson Cardoso, aliado de Lídice e próximo do senador Jaques Wagner (PT), que tem uma propriedade na cidade.

* Lídice quer mais: o PSB tem mantido conversas para atrair para o partido e a base de Jerônimo o prefeito de Teixeira de Freitas, Marcelo Belitardo, também do União Brasil. No município, as duas legendas já são aliadas.

Enquanto isso, nas redes…

* O ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), tem dedicado mais tempo a cuidar da boa forma do que discutir as eleições em Salvador, assunto pelo qual perdeu o interesse após a renúncia da pré-candidatura do presidente da Conder, José Trindade (PSB), no início de setembro de 2023. Aliás, em publicação nas redes sociais, Rui demostrou que tem estilo para escolher o shortinho de malhar.

* O presidente da CBF, o baiano Ednaldo Rodrigues, está com moral entre os principais líderes políticos da Bahia. O governador Jerônimo Rodrigues e os senadores Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD) fizeram questão de registrar nas redes sociais fotos ao lado do dirigente durante o lançamento, na semana passada, da transmissão da TVE do Campeonato Baiano, em Salvador. Aliás, Wagner e Otto articularam pelo retorno e Ednaldo ao comando da entidade máxima do futebol brasileiro.

15 de janeiro de 2024, 18:24

Compartilhe: