terça-feira, 21 de setembro de 2021

TCU suspende auditor que fez relatório usado por Bolsonaro sobre mortes causadas por Covid

Foto: Jeferson Rudy/Agência Senado

Da Redação

O Tribunal de Contas da União (TCU) suspendeu por 45 dias o auditor que elaborou um relatório informal, com dados imprecisos, sobre mortes causadas por Covid-19 no Brasil. O material foi usado pelo presidente Jair Bolsonaro, que reforçou que a fonte dos dados apresentados seria o TCU.

Em depoimento à CPI, Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques afirmou que fez o documento em caráter pessoal e sem a chancela do TCU. Ele informou que foi o seu pai que encaminhou o documento não oficial a Bolsonaro.

A suspensão do auditor foi publicada na última sexta-feira. Ele fica afastado plenamente de suas atribuições. Alexandre já estava afastado preventivamente desde junho, impedido de acessar o sistema do TCU e de entrar na sede do órgão. O auditor é alvo também de um processo administrativo.

13 de setembro de 2021, 12:55

Compartilhe: