quarta-feira, 20 de outubro de 2021

“É legítimo o desejo de João Leão em ser governador da Bahia”, defende Niltinho

Foto: Divulgação

Thyara Araujo

O vice-líder do PP na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Niltinho, falou na manhã desta terça-feira (21) sobre o cenário para as eleições em 2022. Ele defendeu a “legitimidade” do vice-governador João Leão em querer disputar o governo da Bahia.

Em entrevista ao programa ‘Acorda pra Vida’, da rádio Excelsior, Niltinho disse que o desejo do PP é permanecer na base do governador Rui Costa (PT).

“A gente vem defendendo esse alinhamento que deu certo ao longo de mais de 10 anos de governo, governo este que tem tido muita entrega, que tanto tem feito pelo baiano. É legítimo que o atual vice-governador João Leão deseje ser candidato a governador. Uma das maiores virtudes de Leão é a capacidade de dialogar e abrir as discussões internamente dentro do partido. Quando ele tem à frente uma decisão importante que reflete em todos os parlamentares que fazem parte da bancada, ele coloca isso em discussão”, disse Niltinho.

De acordo com ele, ainda não houve uma conversa entre todos os deputados e Leão para ter uma decisão final sobre a posição do partido.

“Em conversas internas entre deputados, o desejo é permanecer nessa composição. Mas, claro, temos defendido um espaço relevante por tudo o que ele tem feito pelo povo baiano. Ele é um homem de luta, dedicado, é perseverante e a historia, por si só, já mostra. Temos aí a ponte Salvador-Itaparica, que é um sonho de todos os baianos. Ele, com muita luta e dedicação, buscou os chineses junto com Rui Costa. Isso foi fruto de muita coragem e determinação de Leão. Desejamos muito tê-lo como governador da Bahia”, afirmou.

Para ele, “é natural que os demais partidos tenham os seus nomes [para disputar o governo da Bahia] também”.

“Temos o PT com o senador Jaques Vagner, que foi um grande governador e está, mais do que nunca, legitimado também para ser o nosso candidato do grupo. O próprio PSD tem se posicionado com a possibilidade da candidatura do senador Otto Alencar e isso tudo eu já enxergo com um olhar muito diferente. Eu vejo como indicações de uma grandeza importante para todos nós, baianos, e eu, como deputado estadual, fico feliz em saber que neste momento estão colocados três grandes nomes que poderão ser indicados como candidatos a governador e dar continuidade a esse trabalho extraordinário do governador Rui Costa. Vamos aguardar”, completou.

O deputado estadual afirmou, ainda, que a decisão sobre o nome para disputar o governo da Bahia precisa ser tomada em conjunto entre PP, PT, PSD e outros partidos.

“Essa decisão tem que ser conjunta, mas espero que todos tenham a humildade de entender que o candidato [ ao governo da Bahia] deve ser aquele que tem as melhores condições pra que a gente possa dar continuidade a esse grande trabalho do atual grupo político que governa a Bahia”.

Sobre a possibilidade de Rui ser candidato ao Senado, Niltinho afirmou: “Leão só pode ser candidato ao Senado ou ao governo do estado. Há possibilidade de ele ocupar a cadeira [de Rui Costa] nos últimos 9 meses para que Rui seja candidato ao Senado. Eu, particularmente, tenho a opinião de que o nosso governador Rui é fundamental nessa próxima chapa e, nesse caso, seria candidato ao Senado”.

Presidência da República

Durante a entrevista, Niltinho foi questionado sobre a posição do PP baiano na eleição para presidente da República já que, nacionalmente, o partido apoia o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“O PP nacional sempre deu essa liberdade ao partido nos estados, para que tomem decisões de acordo com a política regional. É natural que o PP da Bahia – com tantos anos nesse grupo, trabalhando em conjunto com o PT da Bahia e PSD – caminhe para que seja mantida essa unidade”, disse.

“Na esfera nacional, a posição do PP será discutida, quando chegar mais na frente, se permanecerá apoiando Bolsonaro ou se irá apoiar Lula. Está muito claro, no país, que, cada vez mais, a eleição e a política estão sendo polarizada. E esses serão os dois grandes nomes”, completou.

Em seguida, Niltinho elogiou Lula e criticou o governo Bolsonaro.

“Lula fez tanto pelo povo brasileiro, em especial pelo povo nordestino, baiano, ao longo de 8 anos de governo, tendo as melhores avaliações. Isso mostra que ele fez um grande governo. Já com o governo atual existe uma expectativa grande de que mostre pra que veio. Todas as desculpas já foram utilizadas. Verdades, claro, aconteceram, a exemplo da pandemia, que atrapalha todo e qualquer governo, mas a expectativa do povo brasileiro é de que o governo federal passe, de fato, a trabalhar, pra que a gente retome o crescimento da economia e volte a gerar empregos. A Bahia foi um dos estados mais afetados na perda de emprego no período pandêmico”.

Voto consciente 

Ao final da entrevista, Niltinho defendeu que o povo baiano tenha consciência na votação.

“Essa eleição ao governo estadual vai representar o futuro de todos nós, baianos. Então, não é momento de arriscarmos, ainda mais na eleição que, com a permissão de Deus, será pós-pandemia. Vamos precisar de alguém que tenha experiência para governar e possa, com muito compromisso e disposição, fazer a diferença e continuar esse belo trabalho feito por Rui Costa”, finalizou.

Leia também:

Entrevista: Leão “ligeireza” diz que candidatura ao governo está “decididíssima” e elogia Lula e Bolsonaro

21 de setembro de 2021, 13:00

Compartilhe: