segunda-feira, 23 de maio de 2022

Rapidinhas: PP cai na real, a federação que torna o PSB atraente e a gafe de Leão

Foto: Camila Souza/ GOVBA

Davi Lemos

PP cai na real

Os progressistas começaram a trabalhar com um número mais real para a eleição de quadros na Assembleia Legislativa da Bahia. Se antes falavam em eleger 10 deputados – o que acrescentaria em uma cadeira a atual bancada – os novos cálculos, mais realistas, giram em torno de 4 ou 5 assentos. Isso com a promessa do vice-governador João Leão (PP) de jogar ex-prefeitos na chapa para fazer a famosa “rabada”.

Quem fica?

Os atuais deputados do PP Aderbal Caldas e Luiz Augusto não são candidatos. Robinho, que rompeu com o governo, só permanece no ninho progressista se for lançada uma agora improvável candidatura de João Leão ao Palácio de Ondina. Os que devem permanecer na sigla para disputar a reeleição são Eduardo Salles, Nelson Leal, Antônio Henrique e, talvez, Niltinho.

O desejado PSB

A possibilidade de uma federação com o PT tem tornado o PSB, presidido na Bahia pela deputada federal Lídice da Mata, muito atraente. Alguns políticos que já estavam com o pé fora da sigla avaliam permanecer. É o caso do deputado estadual Marquinho Viana, que tinha conversas avançadas com o PSD, mas recuou com a possibilidade da federação. Lembra de Niltinho (PP), que talvez permaneça no Progressistas? Esse “talvez” é justamente devido aos encantos que os socialistas terão caso a união com o PT saia do papel.

Indeciso

Quem ainda não sabe para onde vai é o deputado estadual Euclides Fernandes, que não permanecerá no PDT após a saída do partido da base de Rui Costa (PT). O pedetista chegou a receber convite de João Leão, mas só deve confirmar para onde irá em março. No auge da crise entre a bancada do PDT com o presidente da sigla, o deputado federal Félix Mendonça Júnior, o nome de Euclides chegou a ser especulado para o PSB.

Reprodução/Instagram

Gafe leonina

No dia da Lavagem do Bonfim, não passou despercebida a gafe que o vice-governador João Leão (PP) cometeu nas redes sociais. Ele postou no Instagram um carrossel de fotos com baianas e lideranças políticas dizendo estar na Colina Sagrada do Bonfim, mas, na verdade, a foto foi tirada na Igreja da Conceição da Praia. Certamente alguém vai dizer que o erro foi do “estagiário”.

Novo ânimo

A assiduidade do senador Jaques Wagner (PT) nas agendas oficiais do governador Rui Costa no interior tem chamado a atenção e a explicação para isso não foi somente a cobrança dos parlamentares da base que pediam a presença do pré-candidato. Números de pesquisa interna do PT animaram o “Galego”, que vê no “efeito Lula” a via de acesso ao Palácio de Ondina. Se no confronto direto com o pré-candidato do DEM, ACM Neto, o petista perde com margem considerável, quando associado a Lula o senador vê o quadro se inverter.

2024 é logo ali

O secretário estadual de Relações Institucionais, Luiz Caetano, trabalha para a eleição de Jaques Wagner em 2022, mas também está de olho em Camaçari e na sucessão de Antônio Elinaldo (DEM) em 2024. Caetano e a esposa Ivoneide Caetano, que teve 40% dos votos nas eleições municipais de 2020, decidiram entrar de vez nas discussões dos assuntos da cidade. Na sexta-feira (14), o secretário foi vistoriar obras do governo estadual no município. Cinco dias antes, Ivoneide disse que a criação de cargos pela prefeitura de Camaçari tinham caráter eleitoreiro. Realmente 2024 é logo ali.

Os jantares de Jutahy

O ex-deputado federal tucano Jutahy Júnior já deixou muito claro que seu período de candidato já passou, mas as movimentações do político mostram que ele está muito vivo na cena estadual. Da série de jantares e conversas que publicou nos últimos seis dias, chamou a atenção o encontro com Marcelo Nilo, atualmente no PSB. Apesar dos dois terem uma amizade que ultrapassa questões ideológicas, a conversa aconteceu justamente em meio às especulações de que Nilo poderia apoiar ACM Neto. O deputado federal Leur Lomanto Jr (DEM) comentou a foto com “emojis” de aplausos. Dois dias depois, Jutahy teve encontro com o prefeito Bruno Reis (DEM). Costura de chapa?

Reprodução

Venda imoral

Repercutiu intensamente em Itapetinga uma postagem feita pelo Instagram do site Sudoeste em Foco denunciando que produtos doados pela prefeitura local para quem perdeu tudo em função das chuvas estariam sendo comercializados publicamente na internet. Um morador beneficiado anunciou um fogão novo, na caixa, e um colchão. A prefeitura prometeu investigar o caso.

Raivoso e intempestivo

O vereador de Salvador Daniel Alves (PSDB) criticou as declarações do governador Rui Costa (PT) de que pode limitar ainda mais o público em eventos, por conta do desrespeito às medidas sanitárias. “O governador mostrou que nunca foi uma decisão técnica. Ao ameaçar reduzir ainda mais o público em eventos porque alguns não estão cumprindo (as regras), Rui revela o que nós já sabemos, que é autoritário e toma decisões de forma raivosa e intempestiva”.

17 de janeiro de 2022, 16:40

Compartilhe: